in

Exclusivo: dona do antigo Café Gol faz cerco sobre Romário e pede para intimar o clube Vasco da Gama

O Globo

O ex-jogador de futebol e senador Romário está sentindo a pressão no sistema judiciário aumentar sobre ele em relação a uma dívida de IPTU que deixou de pagar há 16 anos e que hoje já soma mais de R$ 15 milhões.

Publicidade

Há 16 anos, a dona do espaço do Café Gol (boate que teve Romário como sócio) Cândida Virgínia Ribeiro – ingressou com uma ação de execução de dívida de IPTU após o baixinho entregar o imóvel. Naquela época a cobrança montava a importância de R$ 1,2 milhão. 

Romário não pagou a dívida – que já era reconhecida pela Justiça – e agora, mais uma vez, a dona do espaço ingressou com uma nova ação de execução de dívida, uma vez que a soma já ultrapassa os R$ 15 milhões. Além disse,  Romário é acusado nesse novo processo de fraudar o processo de execução.

Publicidade

Ainda segundo Virgínia no processo, ao longo dos seus mais de vinte anos de carreira, Romário teria faturado milhões de reais em salários, diretos de imagem e propaganda. Segundo a acusação, nos últimos dez anos de carreira o atleta teria amealhado uma fortuna de, no mínimo, R$ 60 milhões.

Publicidade

No processo, Romário é acusado também de agir de má-fé, se utilizando de diversos artifícios a fim de ocultar o seu patrimônio e se esquivar dos débitos assumidos e citam uma matéria do jornal O Globo e outros veículos de comunicação. Assim, encerra o processo alegando que o senador estaria mais uma vez colocando em curso uma tentativa de Fraude à execução, uma vez que ele já havia transferido R$ 22 milhões do seu patrimônio ao seu advogado, Luiz Sérgio Vasconcelos Júnior.

Publicidade

Contrato com Vasco pode ser alterado

Nos pedidos do processo, a empresária pede que Romário seja condenado por Fraude à execução e seja deferida a penhora em cima do crédito que ex-jogador Romário tem a receber do Vasco, através de sua empresa, Romário Sports, Marketing e Empreendimentos Ltda. Os advogados de Virgínia, na tentativa de obter o dinheiro devido do IPTU pedem que seja intimado o Clube de Regatas Vasco da Gama para seja aplicado uma ordem para não realizar qualquer pagamento relativo a Romário em contratos já existentes e em andamentos, e que seja realizado todos os depósitos, até o valor da presente execução de IPTU de R$ 15.631.904,85.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Alessandro Lo-Bianco

Passou pelas redações da BandNews, Editora Abril, Jornal O Dia, Rádio CBN, Jornal O Globo e RecordTV. Autor de 11 livros, é atualmente colunista do programa A Tarde é Sua da Rede TV! Tem nove prêmios de Jornalismo, dois cachorros e é pai de menina.
Instagram: @AlessandroLoBianco