in

Renata Vasconcellos é intimada pela polícia, mas exibe fotos de viagem no dia do depoimento

Reprodução Globo

Renata Vasconcellos deveria comparecer à Delegacia de Repressão de Crimes de Informática (DRCI) em Benfica, zona norte do Rio de Janeiro. A oitiva com a apresentadora do Jornal Nacional estava marcada para as 14h desta quarta-feira (9). William Bonner tinha depoimento agendado para as 14h30.

Publicidade

A convocação foi feita pela Polícia Civil, após a defesa do senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) ingressar com queixa-crime contra os âncoras do Jornal Nacional, após o telejornal informar, no mês passado, que o Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ) havia denunciado o senador.

Flávio é investigado por suposto esquema de “rachadinha” que teria acontecido no gabinete dele, nos tempos em que era deputado estadual na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj). A defesa de Flávio já havia conseguido na Justiça, em setembro, que a Globo fosse impedida de veicular informações sigilosas sobre o caso.

Publicidade

Renata poderia ser presa se não fosse depor à Polícia

Na intimação enviada aos apresentadores do Jornal Nacional, havia a informação de que eles poderiam ser enquadrados pelo crime de desobediência se não comparecessem. Ao que tudo indica, Renata não compareceu. A jornalista postou foto na praia.

Publicidade

Publicidade

No Instagram, a jornalista postou quatro fotos curtindo a praia. Na legenda, Renata Vasconcellos foi simples e direta: “férias”. Muitos seguidores comentaram o post. Alguns pediram para a jornalista aproveitar o momento. Outros questionaram onde ela estava. A Globo não comenta casos envolvendo procedimentos legais em curso.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!