in

Após comemorar recuperação do pai, filha de Eduardo Galvão sofre baque com a morte do ator

Instagram: Mariana Galvão

A morte do ator Eduardo Galvão, vítima da Covid-19, doença causada pelo coronavírus, na segunda-feira (7), foi um baque para muita gente. Nesta terça, diversos famosos se manifestaram sobre a morte do artista. Angélica, que trabalhou com ele em Caça Talentos, novelinha infantil exibida nas manhãs da Globo no final dos anos 1990, foi uma das que se manifestou.

Publicidade

Mas, talvez, a pessoa que mais tenha sofrido um baque com a morte de Eduardo Galvão tenha sido Mariana Galvão, filha do ator. Galvão estava internado no Hospital Unimed Rio, na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio de Janeiro, desde o fim do mês passado.

Dias antes, ele havia começado a sentir os sintomas da Covid-19. Quando procurou ajuda médica, 50% dos pulmões estavam comprometidos e a situação do ator não era boa. No dia 1º, ele foi entubado e levado para a unidade de terapia intensiva (UTI).

Publicidade

Filha de Eduardo Galvão comemorou recuperação do pai

No sábado, dois dias antes de morrer, Eduardo Galvão parecia estar se recuperando. Aquele era o terceiro dia de uma recuperação que enchia a todos de esperança. “A guerra é grande e a batalha é diária”, afirmou Mariana. Ela tinha certeza da vitória.

Publicidade

“Mas, de pouco em pouco, vamos vencer”, disse a mulher. Dois dias depois, o estado de saúde do pai piorou e ele acabou não resistindo. O Brasil já registrou mais de 177 mil mortes em decorrência da Covid-19. O país é o segundo no ranking de óbitos, atrás apenas dos Estados Unidos. No mundo todo, mais de 1,5 milhão de vidas foram perdidas para o coronavírus.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!