in

Relato angustiante do assédio sexual de Marcius Melhem contra Dani Calabresa: ‘Me agarrou, lambeu minha cara e encostou as partes em mim’

Uma matéria publicada pelo site Piauí, da Folha, nesta sexta-feira (04) traz detalhes sobre o momento em que teria ocorrido o assédio sexual do humorista Marcius Melhem contra a atriz Dani Calabresa. A reportagem trouxe informações após ouvir 43 pessoas, em conversas pessoalmente, através de mensagens virtuais e áudios. Entre as fontes, estão vítimas de assédio sexual do ator, entre outras vítimas de assédio moral.

Publicidade

Tudo teria ocorrido em uma festa em 2017, quando o elenco do O Zorra se reuniu no bar Vizinha 123, no Rio de Janeiro para comemorar o episódio de número 100 do programa humorístico que tinha como diretor Marcius Mellhem. Em um relato angustiante, a matéria traz informações sobre o fatídico dia em que Dani Calabresa sofreu assédio sexual de Melhem.

Durante a festa, a atriz, protagonista do programa global subiu ao palco, quando começou um karaokê, no qual alguns artistas se revesavam para cantar. Neste momento, Mellhem teria começado uma investida na atriz, que enquanto dançava, tentava se esquivar do contato físico com ele. Mas o ator continuava tentando encostar na atriz de todas as formas. Foi quando em outro momento, ele teria sido mais agressivo, puxado a cabeça da atriz em sua direção e tentado beijá-la. Acompanhada da atriz Débora Lamm, Dani conseguiu fugir da investida e saiu do palco.

Publicidade

Após ir ao banheiro, Calabresa ao sair do local bateu de frente com o humorista, que a esperava do lado de fora. Neste momento, Melhem teria tentado a agarrar mais uma vez, o que deixou a atriz ainda mais assutada e batendo a sua cabeça na parede na tentativa de se afastar. Sem conseguir sair da situação, a atriz teria sido imobilizada pelos braços e puxada para um beijo forçado. Cerrando os lábios e virando o pescoço, a atriz recebeu uma lambida no seu rosto e em seguida viu que o ator colocou suas partes para fora das calças. Na tentativa de sair do assédio, ela acabou tocando, sem querer, no órgão exposto pelo ator.

Publicidade

Calabresa chorou e foi acudida pelos colegas Luis Miranda e George Sauma. Três dias depois do assédio no bar, Mellem, que dificilmente aparecia no Projac, chegou a falar sobre o assédio e culpou a atriz, como se estivesse atuando em uma cena de humor. “Eu não tenho culpa do que aconteceu! Quem mandou você estar muito gostosa?”, começou ao se aproximar da atriz, que tentava se esquivar mais uma vez de Mellem.

Publicidade

A atriz Maria Clara Gueiros, que presenciou a situação, pediu para o chefe deixar a amiga em paz. Calabresa também se defendeu do ataque: “Não quero seu abraço nem suas desculpas, você já me agarrou, lambeu minha cara e encostou [as partes] em mim.”

O ator, por sua vez, não teria assumido o crime e justificou de forma covarde responsabilizando a atriz ao dizer que ela estava muito atraente.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Ariane

Formada em pedagogia em 2011, atuo como redatora desde 2015. Produzo conteúdo sobre o que sou fã. Séries, músicas e tudo que envolve o mundo pop.