in

Presa, filha de Belo se dá mal por envolvimento em crime e situação se complica

Instagram - Belo

Presa há algumas semanas, Isadora Alkimin, de 21 anos, a filha do cantor Belo, foi denunciada pelo Ministério Público estadual do Rio de Janeiro pelo crime de organização criminosa. A estudante de odontologia é acusada de integrar uma quadrilha de estelionatários que aplicava golpes, principalmente em idosos. As informações são do jornal Extra.

Publicidade

Além da filha do artista, outras 11 mulheres também foram presas no mês passado em um apartamento situado na Zona Oeste do Rio de Janeiro.

De acordo com as investigações da Delegacia de Combate às Drogas, que ficou responsável pela prisão do grupo, o apartamento utilizado pelas mulheres funcionava com uma central de telemarketing de golpes da quadrilha. Elas são acusadas em entrarem em contato com as vítimas e obterem dados bancários para conseguir ter acesso aos cartões de créditos.

Publicidade

O grupo entrava em contato com a vítima informando que ela teve o cartão clonado, e iniciava o golpe. Nas investigações ficou constatado que o grupo tinha ligação com um piores grupos de traficantes de drogas de um complexo do Rio.

Publicidade

Cantor desabafou

Tomado conhecimento da notícia da prisão, o cantor Belo se disse surpreso com o envolvimento da filha, que segundo ele tem de tudo, e não teria nenhum tipo de necessidade de estar se envolvendo com o crime. O artista ainda disse pagar uma pensão de 10 salários mínimos por mês à filha, que mora com a mãe em São Paulo. Belo ainda prometeu ajudar a filha no caso.

Publicidade

Na última semana, Isadora Alkimin disse em oitiva com os investigadores do caso que não sabia que se tratava de uma quadrilha e entrou no grupo para conseguir um “complemento de renda”.

Publicidade
Publicidade
Publicidade