in

Bonner pede a palavra antes do fim do JN, sai do script e faz anúncio histórico

Reprodução Globo

William Bonner apresenta o Jornal Nacional desde os anos 1990. Neste período em que o jornalista está à frente do principal telejornal da TV brasileira, muita coisa mudou. Hoje, o JN é mais descontraído, os jornalistas exibem suas emoções e caminham pelo estúdio.

Publicidade

Uma prova de como o Jornal Nacional está menos formal se deu na edição desta terça-feira (1º). Logo depois de Renata Vasconcellos parabenizar a TV Rio Sul (afiliada da Globo na região sul do Rio de Janeiro) pelos 30 anos, ela informou que o Jornal da Globo seria exibido depois do The Voice e deu boa noite ao público.

“Deixa eu dizer uma coisa aqui antes de encerrar. Você falou do aniversário da Rio Sul, eu tô lembrando aqui de quando eu era criança, e faz tempo, que nessa época do ano a gente ouvia aquela musiquinha do ‘hoje é um novo dia, de um novo tempo’ etc e tal”, começou Bonner.

Publicidade


“Muita gente deve estar se perguntando como é que vai ter mensagem de fim de ano de Natal ano esse ano, com Covid e com pandemia”, disse Bonner. “Pois é, como é?”, perguntou Renata. “A Globo deu um jeito. Você vai saber como agora no encerramento do Jornal Nacional”, finalizou Bonner, dando boa noite aos telespectadores.

Publicidade

Globo exibiu vinheta de fim de ano

Logo depois do Jornal Nacional, a Globo colocou no ar a tradicional vinheta de fim de ano. Dessa vez, adaptada para os tempos de pandemia do coronavírus. Renata Vasconcellos e William Bonner, entre outros nomes do jornalismo, aparecem no vídeo de dois minutos. O abraço entre os artistas da casa foi feito em forma de animação.

Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!