in

Internado após ser baleado, famoso global explica ato heroico que quase lhe custou a vida

Reprodução/Globo

O ator e modelo Bruno Miranda, conhecido por ter trabalhado na Globo em temporadas do programa Amor e Sexo, como o personagem Borat, falou pela primeira vez após ter sido baleado em uma briga de trânsito no Rio de Janeiro, na última quarta-feira, dia 25.

Publicidade

O assistente de palco do programa de Fernanda Lima revelou que não esteve envolvido na briga, mas que estava indo malhar quando notou o acidente e se prontificou para socorrer a vítima. De acordo com Bruno, ele ajudou as pessoas que estavam em ambos os carros, um ato heroico que por pouco não lhe custou a vida.

Borat, que teve que passar por uma cirurgia de emergência e ficar internado no CTI no Hospital Lourenço Jorge, localizado na Barra da Tijuca, ainda revelou que enquanto ajudava as pessoas, chegou um outro transeunte acusando o motorista de ter passado por ele em alta velocidade.

Publicidade

O motorista, por sua vez, revidou e xingou o pedestre. A partir daí iniciou uma briga com direito a chutes e socos. Borat revela que estava na calçada, ligando para o Corpo de Bombeiros, quando um dos envolvidos na briga caiu no chão e o motorista abriu fogo. O tiro acertou o global, que ainda revelou que ele mesmo chamou os bombeiros, pois já estava falando ao telefone.

Publicidade

A bala que atingiu o ator teria partido de um policial, que foi encaminhado para a 16ª DP e teve a arma apreendida. O policial seguirá preso à disposição da Justiça, segundo a Secretaria de Estado da PMRJ.

Publicidade

Após ter recebido uma bolsa de colostomia para ajudar no tratamento, Bruno Miranda postou um vídeo caminhando no quarto, o que mostra uma boa recuperação.

Publicidade

Escrito por Matheus Feitosa

Escrevo sobre TV, famosos e entretenimento desde 2011.

A atenção nos detalhes é o que nos faz prosperar.