in

Morte de Paul Walker completa 7 anos e internautas relembram a carreira do ator

ABC News

O nome do ator Paul Walker está nos assuntos mais comentados do Twitter. Conhecido internacionalmente por ter dado vida ao personagem icônico ao Brain O’Conner, da franquia Velozes e Furiosos, o ator que morreu no dia 30 de novembro de 2013 foi homenageado na data de sua morte. Faz 7 anos que o cinema perdeu esse talento que marcou os filmes da franquia e não será esquecido tão cedo.

Publicidade

Paul Walker morreu aos 40 anos em um acidente de carro, o que tornou o fato em si, ainda mais dramático, já que no filme que levou seu nome ao mundo todo, ele também dirigia carros potentes. No Brasil, os fãs lamentaram a morte e fizeram algumas homenagens.

Walker esteve em 5 dos seis filmes da franquia até o ano de 2013. Depois que morreu, ele esteve presente no sétimo filme, que teve lançamento em 2015.

Publicidade

Morte inesperada e uma grande perda para os fãs

Walker faleceu em 2013, na época, ele ainda estava gravando o sétimo filme de Velozes e Furiosos, e muita pegou todo mundo de surpresa. O acidente ocorreu no sul da Califórnia, em Santa Clarita. Ele estava no banco do carona de um Porsche, ao lado do amigo Roger Rodas, que também faleceu.

Publicidade

De acordo com as informações da polícia, o carro pegou fogo depois de colidir com uma árvore e um poste. A velocidade em que eles estavam foi um fator na hora do acidente e fãs de todo mundo lamentaram a triste coincidência.

Publicidade

Dias após a morte, uma das declarações atribuídas a Paul Walker se eternizou. Ele dizia “Se um dia a velocidade me matar, não chore, saiba que eu morri sorrindo“.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Gabriele

.