in

Médico de Maradona está sendo acusado de homicídio culposo pela morte do astro argentino

G1/Montagem

Na última quarta-feira (25/11), os veículos de comunicação trouxeram a público a notícia da morte de Diego Armando Maradona, que foi um dos maiores nomes do futebol no mundo e era considerado o melhor da Argentina.

Publicidade

Diego havia mostrado sinais de que sua saúde não estava bem no início deste mês. Além disso, segundo informações da mídia argentina, o ex-craque apresentava sinais de abstinência, considerando que tinha vício em álcool.

Maradona, como era mais conhecido popularmente, havia sido internado em um hospital de Buenos Aires há alguns dias devido a problemas de saúde. Na quarta-feira, ele apresentou uma piora considerável e sofreu uma parada cardiorrespiratória.

Publicidade

Leopoldo Luque, médico que atendeu Maradona em seus últimos dias de vida, está sendo acusado de ter cometido homicídio culposo, quando não há intenção de matar, por suposta negligência. Um juiz que está cuidando do caso autorizou a busca na residência do médico, que será chamado para testemunhar.

Publicidade

Há suspeita de que Maradona não tenha recebido alta médica quando realizou uma cirurgia na cabeça e voltou para casa, onde foi a óbito. As autoridades estão buscando confirmar se Diego teve todos os cuidados de que precisava e quais foram as circunstâncias de suas últimas horas. 

Publicidade

Uma pessoa próxima à família do craque argentino concedeu informações recentemente e afirmou existirem irregularidades a respeito da morte de Maradona, que deixou para trás um grande legado e entrou para a história por sua atuação nos campos. O advogado do ex-atleta disse que houve demora na chegada da ambulância à residência onde ele faleceu.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Aurilane Alves

Escrevo sobre os assuntos mais bombados do momento, famosos, curiosidades, notícias em geral.