in

Meghan Markle, esposa do Príncipe Harry, comove ao desabafar sobre perda do filho: ‘luto quase insuportável’

Showbiz Cheat Sheet

A família real britânica anunciou recentemente que estava de luto. A morte na realeza foi divulgada nos últimos dias e abalou as estruturas da família, que teve que lidar com a perda de um cachorrinho querido, que era considerada por eles como um verdadeiro membro da família.

Publicidade

Agora, o mundo é mais uma vez surpreendido com o desabafo comovente da perda do filho da Duquesa Meghan Markle e do Príncipe Harry. Ela quebrou o silêncio e falou pela primeira vez sobre a perda do bebê que estava esperando. O casal real já são pais orgulhosos de um garotinho, que recebeu o nome de Archie e tem atualmente um ano e meio. Infelizmente, a duquesa perdeu o segundo filho do casal.

Ela estava grávida pela segunda vez, mas acabou sofrendo um aborto espontâneo. A perda aconteceu no mês de julho deste ano, mas somente agora ela abriu o coração e falou sobre o assunto. A duquesa disse que o fato aconteceu na parte da manhã, e que o dia havia começado como qualquer outro. Meghan disse que acordou normalmente, tratou dos pets e trocou a fraldinha do filho Archie.

Publicidade

E foi nesse momento que sentiu uma dor terrível na barriga. Ela contou que sentiu uma forte cólica e caiu no chão segurando o filho nos braços. “Eu sabia, enquanto eu segurava meu primeiro filho, que eu estava perdendo meu segundo”, desabafou a duquesa. Já deitada em uma cama de hospital, Meghan disse que viu o sofrimento do marido com a perda da criança.

Publicidade

“Perder um filho significa segurar um luto quase insuportável, algo que muitos passam, mas que poucos falam a respeito”, disse a ex-atriz. Ela ressaltou que, apesar de muitas mulheres passarem por esse tipo de situação, o assunto ainda é um tabu, envolto em um misto de sentimentos injustificados; e a dor da perda de um bebê acaba se tornando um luto solitário.

Publicidade

A duquesa destacou a importância de falar abertamente sobre a perda gestacional, pois abre espaço para que outras mulheres também possam fazer o mesmo e, dessa maneira, o luto fica um pouco mais leve.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Shyrlene Souza

Redatora na web desde 2016, formada em ciências contábeis, apaixonada pela redação desde criança. Escrevo sobre assuntos diversos, famosos, maternidade e notícias que se destacam no Brasil e no mundo.