in

Zezé chora ao falar da morte do pai em velório e comove em desabafo: ‘Não consegui chegar perto do caixão’

Instagram Zezé di Camargo / Record TV

O velório de Francisco José de Camargo, conhecido carinhosamente como Seu Francisco, foi cercado de muito comoção na manhã desta terça-feira (24), em Goiânia. Filho mais velho do patriarca, o cantor Zezé Di Camargo conversou com a imprensa e, nitidamente abalado, falou sobre o sentimento de perda. 

Publicidade

“Estou emprestando ele um pouquinho para Deus. É um ser muito especial. Está deixando um exemplo na Terra”, disse Zezé, revelando ainda que não tinha reunido coragem suficiente para se aproximar do caixão, uma vez que objetivava ficar com a imagem alegre do pai. 

“Eu escrevo um livro só de causos e piadas do meu pai. Não cheguei perto do caixão ate agora, quero guardar esse espírito alegre que ele sempre foi. […] Se existe um céu, ele está lá”, afirmou o cantor sertanejo.

Publicidade

Seu Francisco foi velado no Jardim das Palmeiras, em Goiânia. Diagnosticado com a Covid-19, o cantor Luciano não pôde comparecer ao velório e também será ausência no sepultamento do pai, uma vez que cumpre o isolamento social recomendado. Ele está em sua residência na capital paulista. 

Publicidade

Companheira de Francisco por décadas, Helena de Camargo só foi informada da morte do marido cerca de 12 horas depois do ocorrido. O sepultamento ocorrerá ainda nesta tarde. 

Publicidade

Filme na Globo

Sucesso de bilheteria, o filme Dois filhos de Francisco, lançado em 2005, e que retratou a história de luta de Francisco para incentivar a carreira dos filhos na música, será exibido na Sessão da Tarde, na TV Globo, nesta terça-feira (24). De acordo com sites especializados, o longa-metragem foi assistido por mais de 6 milhões de pessoas nos cinemas. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade