in

Maju é acionada após morte de homem negro em loja do Carrefour e JH pode destacar o caso

Reprodução Globo

Maju Coutinho assumiu o comando do Jornal Hoje em agosto do ano passado e tem dado muita visibilidade aos crimes cometidos contra pessoas negras. Quem assiste ao telejornal durante o início da tarde, percebe o claro posicionamento nessa questão.

Publicidade

Maju já foi vítima de injúria racial, já foi atacada por ser negra e nasceu em família pobre, na zona leste da cidade de São Paulo. Ela conhece um pouco da realidade do que os negros sofrem no Brasil, apesar de a escravidão ter terminado em 1888, há 132 anos.

Morte de homem negro repercute e deve ser assunto no Jornal Hoje

Nesta sexta-feira (20), data em que se comemora o Dia da Consciência Negra, Maju Coutinho deve exibir reportagens especiais no Jornal Hoje sobre o tema. Recentemente, a jornalista viralizou nas redes sociais ao dar a declaração que pode ser vista no vídeo abaixo.

Publicidade

Após o caso do homem negro de 40 anos, identificado como João Alberto Silveira Freitas, que foi morto em uma loja do supermercado Carrefour, na zona norte de Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, na noite de ontem, muita gente tem comentado sobre o assunto e alguns até citaram Maju nos comentários. 

Publicidade

O Jornal Hoje, que começa às 13h10, deve destacar a morte do homem, agredido por dois seguranças de empresa terceirizada. O Carrefour emitiu nota de repúdio em que afirma que encerrou contrato com a empresa terceirizada depois do ocorrido. Os dois homens foram detidos. Um deles é Policial Militar temporário. Vídeo com as cenas de agressão circulam pelas redes sociais e tem impactado muita gente.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!