in

Filho de Bruno e Eliza Samudio atua como goleiro aos 10 anos e será agenciado por ex-empresário do pai

Jornal Extra | Divulgação | Montagem Ingrid Machado

Após ser condenado pela morte de Eliza Samudio, o goleiro Bruno Fernandes segue sua carreira no clube Rio Branco, do Acre. O atleta conseguiu o benefício do regime semiaberto e voltou aos gramados, causando controvérsias entre o público. Eliza foi dada como morta no ano de 2010. O crime teria sido motivado pelo pedido de pensão alimentícia por parte da modelo, que afirmava ser mãe de um filho de Bruno.

Publicidade

Bruninho, atualmente com 10 anos, vive com a avó materna, Sônia Silvia Moraes. De acordo com o Jornal Extra, o menino estaria seguindo os passos do pai, atuando como goleiro em uma escolinha de futebol. A avó de Bruninho revelou que a vontade partiu do neto, antes mesmo dele ficar sabendo sobre o crime cometido pelo pai.

O ex-empresário de Bruno, Jaime Marcelo, esteve junto aos responsáveis por Bruninho e ofereceu a oportunidade de investimento no futuro da criança como atleta.

Publicidade

Desde o rompimento com Bruno, acabei estreitando os laços com a Sônia. Com isso, nasceu uma amizade forte e uma afeição pelo Bruninho. Ele tinha um torneio para disputar em São Paulo, e acabamos edificando não apenas amizade, mas meu apoio ao Bruninho para um futuro como atleta”, contou o empresário.

Publicidade

Sônia Moraes, mãe de Eliza Samudio, rendeu elogios ao neto e afirmou que ele teria uma boa altura para exercer a profissão. A avó de Bruninho disse, ainda, que o menino leva jeito para jogar futebol. O filho de Bruno e Eliza conseguiu uma bolsa de estudos em uma escolinha de futebol, onde é acompanhado por um treinador de goleiros e um personal.

Publicidade
Publicidade