in

Caso Naya Rivera, morta em afogamento, tem novo rumo e informações são expostas

UOL

A morte da atriz Naya Rivera veio à tona mais uma vez. Isso porque, seu ex-marido, o ator americano Ryan Dorsey, deu início a um processo na Justiça contra o Condado, no qual a mãe de seu filho faleceu após sofrer um afogamento.

Publicidade

Naya foi encontrada morta no Condado de Ventura, que fica na Califórnia, nos Estados Unidos. Ela havia ido nadar em um lago chamado Piru com seu filho, Josey Hollis Dorsey, de apenas quatro anos de idade, fruto do relacionamento da artista com o ex-marido.

Naya desapareceu no dia 08 de julho e seu corpo só foi encontrado cinco dias depois, após várias buscas terem sido realizadas. No barco que a atriz tinha alugado para o passeio com o filho estavam seu colete salva-vidas e a criança, que disse ter visto a mãe pulando na água.

Publicidade

No processo que abriu contra o Condado de Ventura, Ryan está alegando que o lago no qual a ex-mulher estava nadando não deveria ter permissão para entrada, considerando que várias outras pessoas já haviam se afogado no local.

Publicidade

O ator ainda alega que o barco que foi usado por Naya não tinha condições de ser alugado, pois não estava de acordo com as normas de segurança: “O barco não estava equipado com uma escada acessível, cordas adequadas, âncora, rádio ou quaisquer mecanismos de segurança para evitar que nadadores se separem do barco, nem equipamentos salva-vidas ou de flutuação“, disse, por meio de seu advogado, Amjad Khan, que está levando o processo adiante.

Publicidade

Caso Ryan ganhe a causa contra o Condado, ele poderá receber indenização. Até o momento não foi informado o posicionamento das autoridades diante do processo do ator.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Aurilane Alves

Escrevo sobre os assuntos mais bombados do momento, famosos, curiosidades, notícias em geral.