in

Cantora querida morre e público fica em prantos: ‘O mundo já pode acabar’

SZNews

Muita gente está cruzando os dedos para que 2020 chegue logo ao fim. Isso porque, desde que este ano teve início, um grande número de mortes foi registrado, principalmente por causa da pandemia do coronavírus. Entre as mortes, estão as de diversos famosos, como a cantora Vanusa, que faleceu no último dia 08.

Publicidade

Mas pelo visto, mesmo em meio a tantas mortes, o número não para de crescer no cenário artístico. Nesta semana tem sido noticiada a morte de uma querida cantora africana, que tomou conta das redes sociais e causou comoção entre os admiradores da artista.

Trata-se da cantora Nomasonto Maswanganyi, que se tornou mais conhecida no meio musical pelo nome artístico de Mshoza. Segundo os veículos de comunicação locais, o falecimento da famosa ocorreu em uma unidade de saúde da cidade de Joanesburgo, após um problema da saúde.

Publicidade

Mshoza era natural de Mzansi, uma cidade do Cabo Central na África, e tinha 37 anos. Ela era cantora de Kwaito, um estilo musical que surgiu na África do Sul, no início dos anos 90 e faz muito sucesso no país desde então. 

Publicidade

Mshoza se tornou conhecida no meio artístico no ano de 2000, quando lançou seu sucesso Kortes. Até o momento, não foi divulgada a causa da morte da cantora. Em julho deste ano, ela havia sido acometido pelo coronavírus, mas conseguiu se recuperar após tratamento. Nas redes sociais, fãs lamentaram a perda: “O mundo já pode acabar“, disse um.

Publicidade

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Aurilane Alves

Escrevo sobre os assuntos mais bombados do momento, famosos, curiosidades, notícias em geral.