in

Angelique Boyer, protagonista da novela mexicana O Que a Vida Me Roubou, teve outra profissão antes da fama

Pinterest

A grande protagonista da novela mexicana O Que a Vida Me Roubou, Angelique Boyer, faz o maior sucesso com os telespectadores brasileiros. As tramas do México são figurinhas carimbadas faz muito tempo e já caiu no gosto do público daqui. Angelique Boyer e Sebastian Rulli são os casais queridinhos do momento, tantos entre os brasileiros, quanto com os mexicanos.

Publicidade

A estrela mexicana Angelique Boyer ganhou notoriedade ao atuar na novela Rebelde e depois fez sucesso ao protagonizar a novela Teresa, Abismo da Paixão e O Que a Vida Me Roubou que está sendo reprisada atualmente pela emissora do apresentador Silvio Santos, o SBT. Apesar de ser uma reexibição, a audiência tem sido satisfatória para a emissora.

Contudo, o que muita gente não sabe é que antes de se tornar a estrela do México, Angelique Boyer já havia se arriscado como cantora. Ela foi integrante de uma banda chamada Rabanitos Verdes que surgiu no finalizinho da década de 90 e começo dos anos 2000. Foi nessa ocasião que a famosa teve a oportunidade de interpretar, juntos com os outros integrantes da banda, a abertura do folhetim infantil Maria Belém.

Publicidade

A novela Maria Belém contava a história de uma linda e doce garotinha órfã que foi interpretada pela atriz Danna Paola, que fez muito sucesso com a personagem Lucrecia no seriado Elite na Netflix. A pequena é internada pelo tio malvado em um colégio e sofre maus-tratos dentro da instituição que tem uma diretora bem cruel. A trama já foi exibida no país no ano de 2002, no SBT.

Publicidade

A banda de Angelique Boyer fez uma participação especial em Rabanitos Verdes e interagiram com a protagonista da novela em uma canção. Essa foi a primeira vez que a estrela mexicana foi vista nas telinhas. Após dois anos da participação, a mulher de Sebastian Rulli estreou em Corazones al Límite.

Publicidade
Publicidade
Publicidade