in

Flordelis ouve de delegada que todos da família mantinham relações íntimas

Flordelis participou da primeira audiência do caso que investiga o assassinato de Anderson do Carmo, marido da pastora que foi morto a tiros em junho de 2019. A responsável por liderar a primeira parte das investigações do crime, a delegada Barbara Lomba, deu uma declaração importante sobre a família da deputada federal nesta sexta-feira (13).

Publicidade

Segundo a delegada, todos da família de Flordelis e Anderson mantinham relações íntimas entre si. Delegada revela que os integrantes que chegaram primeiro à família se relacionavam sexualmente na época em que moravam na favela do Rio. “Havia relações entre todos ali”, afirmou a delegada durante audiência no qual participou como testemunha de acusação. 

Flordelis chegou à audiência atrasada e levou chamada de juíza que disse que não querer mais se deparar com atrasos nas próximas fases do processo. Chorando muito durante toda reunião, a deputada, que é acusada de ser a mandante da morte do marido, garantiu que não tem nada a ver com o crime ao chegar no local.

Publicidade

A declaração da delegada foi em base no que ela ouviu do filho biológico de Flordelis, Flávio dos Santos. Segundo ela, o rapaz deu detalhes do relacionamento entre os familiares visto na residência, o qual o ele era contra e causava estranheza. 

Publicidade

Segundo Barbara, Anderson era um dos filhos adotivos de Flordelis, chegou adolescente à casa e se tornou marido por estar maias preparado para a função. “Não vou dizer que não havia casamento, mas aquilo que era pregado na igreja, não era”, declarou. 

Publicidade

Os filhos de Flordelis e Anderson também estiveram presentes na audiência. A deputada chorou bastante e se indignou a cada declaração, negando com a cabeça por diversas vezes.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Ariane

Formada em pedagogia em 2011, atuo como redatora desde 2015. Produzo conteúdo sobre o que sou fã. Séries, músicas e tudo que envolve o mundo pop.