in

Após prisão da filha de Belo, Luciele Di Camargo relembra dívida e dispara: ‘A fruta não cai longe do pé’

Extra | Divulgação

O cantor Belo está enfrentando mais um momento difícil em sua vida pessoal. A filha do artista, Isadora Alkimin Vieira, de 21 anos, pode cumprir pena de até oito anos de prisão por formação de quadrilha especializada em golpes por meios eletrônicos. De acordo com o jornal Extra, o grupo ao qual Isadora integrava tinha conexão com uma das maiores facções criminosas do Rio de Janeiro.

Publicidade

A Polícia Civil afirmou que a quadrilha possuía uma estrutura extremamente organizada, contando com aparatos como notebooks, celulares e serviço de motoboy. O grupo contava com integrantes que faziam se passarem por operadores de telemarketing para aplicarem os golpes nas vítimas.

Belo se pronunciou sobre a prisão da filha e se disse surpreso e arrasado. O cantor afirmou que Isadora não tinha necessidade de aplicar golpes financeiros, já que cursava a faculdade de Odontologia e recebia a quantia de dez salários mínimos de pensão. Belo disse, ainda, que a última vez em que esteve com a filha pessoalmente foi durante o último Carnaval.

Publicidade

Após a polêmica, Luciele Di Camargo, irmã de Zezé Di Camargo, se pronunciou sobre a prisão da filha de Belo. Segundo Luciele, Belo deve a quantia de 6 milhões ao seu marido, o ex-jogador Denílson. “A fruta não cai longe do pé. Tal aí, tal filha”, escreveu a esposa de Denílson em uma publicação de Hugo Gloss.

Publicidade

Em 2017, após ser cobrado pelo ex-jogador publicamente, Belo entrou com uma ação de danos morais contra Denílson pedindo a quantia de R$ 500 mil reais. O comentarista esportivo já mencionou a dívida por diversas vezes através das redes sociais, até mesmo durante lives.

Publicidade
Publicidade
Publicidade