in

Globo muda forma de pagamento de Bonner, que até usa crachá pela 1ª vez; forma de contratação já foi criticada por Bolsonaro

Globo/Jornal Nacional | Reprodução

A Rede Globo vive tempos difíceis do ponto de vista financeiro. A crise desencadeada pela pandemia do coronavírus aumentou os problemas internos na emissora, resultando em uma série de drásticas mudanças. De início, o projeto Uma Só Globo foi posto em prática. Trata-se da reunião em um único Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ) de todas as empresas do grupo. Por conseguinte, um jornalista, por exemplo, que trabalhava na GloboNews e na Globo, recebendo dois salários, receberá, a partir de agora, apenas um.

Publicidade

Com isso, os gastos em pessoal da Globo são reduzidos, teoricamente, pela metade. Além do exemplo jornalístico, o mesmo vale para os canais de entretenimento, esportes e produções independentes, como filmes, séries e novelas veiculadas na plataforma de streaming Globoplay.

William Bonner tem salário reduzido

Na corrida presidencial de 2018, em entrevista ao Jornal Nacional, o então candidato Jair Bolsonaro confrontou William Bonner, acusando-o de sonegar impostos com o recebimento de salários como Pessoa Jurídica, cuja tributação é inferior quando comparado com a modalidade de Pessoa Física.

Publicidade

Após a polêmica, que repercutiu com força em todo o país, William Bonner acabou sofrendo impactos decorrentes das mudanças verificadas na Rede Globo. O jornalista, assim como demais contratados da emissora carioca, deixaram de ser contratados como Pessoa Jurídica, passando a receber pela Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT).

Publicidade

“Lógico, quem ganha R$ 800 mil por mês não pagando imposto de renda como pessoa física, tem que defender a [emissora] mesmo”, disse Jair Bolsonaro naquela ocasião.

Publicidade

Com a mudança, William Bonner passou a usar crachá pela primeira vez, e agora possui carteira assinada. As especulações apontam uma redução na casa de 20% a 40% no salário do âncora do Jornal Nacional, podendo representar redução na casa dos R$ 320 mil por mês.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Henrique Furtado

Henrique Furtado é um redator com vasta experiência no jornalismo online. Solidificou sua carreira com coberturas marcantes sobre os principais acontecimentos no Brasil e no mundo ao longo da última década. Suas especialidades englobam desde os bastidores da política, versando por esportes, atualidades e, claro, tudo o que acontece no mundo dos famosos. Está sempre ligado para entregar, em primeira mão, as últimas novidades para os seus leitores, 24 horas por dia, 7 dias por semana, 365 dias por ano.

Contato: henriquefurtado.jornalista@gmail.com