in

Renata Vasconcellos presta última homenagem à Vanusa e JN exibe imagens do enterro

Reprodução Globo

O Jornal Nacional costuma destacar a morte de pessoas importantes e conhecidas do grande público, como artistas, políticos e atletas. Na edição de ontem, Renata Vasconcellos noticiou o enterro da cantora Vanusa, um dos ícones da Jovem Guarda.

Publicidade

O corpo de Vanusa foi enterrado ontem, no Cemitério Congonhas, na zona sul da cidade de São Paulo. A cerimônia contou com a presença de familiares e amigos mais próximos. O velório e enterro não foram abertos ao público devido à pandemia do coronavírus.

Vanusa morreu no domingo pela manhã, aos 73 anos, na casa de repouso onde estava internada, em Santos, litoral de São Paulo. Uma equipe de pronto atendimento foi ao local e constatou que a cantora havia falecido de insuficiência respiratória. Vanusa passou por diversos problemas de saúde nos últimos ano.

Publicidade

A cantora estava no asilo havia dois anos. Ela só deixou o local recentemente quando foi internada no Hospital do Estivador, também em Santos, com quadro grave de pneumonia. Após receber alta médica, voltou para a casa de repouso. Na véspera da morte, ela recebeu a visita da filha Amanda e cantou, sorriu e brincou.

Publicidade

JN exibe imagens do enterro

Renata Vasconcellos informou sobre o enterro da cantora e citou um pouco de sua biografia: Vanusa vendeu três milhões de discos durante a carreira. Imagens do enterro foram exibidas. A cena mostrada no Jornal Nacional foi do momento em que o caixão de Vanusa desce à sepultura. Familiares e amigos acompanharam este duro momento. Vanusa deixou três filhos e quatro netos.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!