in

Filho de Vanusa chora em velório, relembra episódio do Hino Nacional e exalta mãe em desabafo comovente

UOL

A morte da cantora Vanusa comoveu os brasileiros no último domingo (8). Figura exponencial da música nacional por anos, a cantora de 73 anos, morreu por insuficiência respiratória na casa de repouso que estava internada. Com saúde bastante debilitada, a artista havia superado um quadro grave de pneumonia recentemente.

Publicidade

Nesta segunda-feira (09), durante o velório da mãe, no Morumbi, o produtor musical Rafael Vanucci se emocionou ao falar sobre a mãe. Acompanhado das irmãs, Aretha Marcos e Amanda, ele desabafou sobre o episódio protagonizado por Vanusa em 2009, quando a cantora acabou se equivocando ao cantar o Hino Nacional, e cerimônia realizada na Assembleia Legislativa de São Paulo. 

Na época, o erro da artista viralizou nas redes sociais, e foi motivo de críticas e brincadeiras, que segundo a cantora, acabaram sendo preponderantes para um quadro de depressão anos mais tarde.

Publicidade

“Muita gente conhece a Vanusa só por ter errado o hino nacional. Peço por favor para que você entre na internet e veja uma música chamada ‘Mudanças’. Essa música vai mudar a sua vida”, disse Rafael Vanucci.

Publicidade

Pioneira

Ainda na cerimônia de velório, Rafael destacou Vanusa foi pioneira em tratar vários temas antes não discutidos por censura e sempre se posicionou. 

Publicidade

“Ela transcendeu a música numa época em que ninguém falava de outras coisas. Não podia falar de racismo, feminismo, de amor. Foi a primeira cantora a colocar barriga de fora, a primeira a gravar uma música falando de Deus, contra as drogas”, disse o herdeiro de Vanusa.

De acordo com informações da assessoria, o enterro da cantora Vanusa está marcado para às 16h (de Brasília), no Cemitério de Congonhas. A exemplo do velório, a cerimônia será restrita aos familiares e amigos mais próximos da artista.

Publicidade
Publicidade
Publicidade