in

Bonner e Renata são alvos de Flávio Bolsonaro, mas exibem nova denúncia no JN: ‘o miliciano’

Reprodução Globo

William Bonner, Renata Vasconcellos e Flávio Bolsonaro são três nomes que estão sendo bastante comentados nas redes sociais. O senador, filho do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), entrou com ação na Justiça contra os apresentadores do Jornal Nacional.

Publicidade

A notícia-crime protocolada pela defesa de Flávio Bolsonaro diz que os jornalistas descumpriram decisão judicial ao noticiarem no JN, nesta semana, novas informações sobre o suposto esquema de “rachadinha” que teria ocorrido na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro quando Flávio era deputado estadual.

Bonner e Renata dão nova notícia sobre suposto esquema de ‘rachadinha’

No dia em que a defesa de Flávio Bolsonaro entrou com a ação de notícia-crime contra a Globo e os jornalistas William Bonner e Renata Vasconcellos, o Jornal Nacional levou ao ar nova reportagem sobre o suposto esquema, agora com um novo personagem envolvido.

Publicidade

“A denúncia do Ministério Público contra o senador Flávio Bolsonaro, do Republicanos, afirma que o miliciano Adriano da Nóbrega fazia parte do esquema da ‘rachadinha’ na Assembleia Legislativa do Rio”, disse Renata. Em seguida, entrou a reportagem de Hélter Duarte com todos os detalhes.

Publicidade

Em cerca de três minutos, o Jornal Nacional mostrou que o Ministério Público afirma que o miliciano morto na Bahia participava do suposto esquema. Segundo o MP, a mãe e a mulher de Adriano recebiam salário mesmo sem aparecer no gabinete de Flávio. Os âncoras do JN não comentaram nada sobre a notícia-crime contra eles.

Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!