in

Cantor tem morte confirmada após grave acidente; fãs e amigos ficam desolados: ‘Não pode ser’

Envato

Vítima de um grave acidente no último domingo (1º), em Tarauacá, interior do Acre, o cantor e radialista Giovani Accioly, de 33 anos, teve morte cerebral confirmada na noite da última quarta-feira (04). Figura bastante conhecida, o artista sofreu traumatismo craniano no ocorrido, e estava em coma.

Publicidade

Em suas redes sociais, o pai de Giovani, Raimundo Accioly, confirmou a morte encefálica do filho, e fez um desabafo comovente. “Nesse momento ele chegou ao céu onde encontrou sua mãe o esperando junto com Deus.
O céu neste instante está em festa com a contagiante alegria do meu GG”
, publicou Raimundo.

Na publicação, diversos fãs e amigos de Giovani Accioly lamentaram o falecimento precoce do artista, que além de cantor, trabalhava na Rádio Aldeia FM, de Rio Branco. “Não pode ser. Descanse em paz”, publicou um fã de Giovani. “Meus sentimentos! Que o Senhor Jesus dê o conforto necessário para toda a família. Muito triste”, disse outro.

Publicidade

Equipe médica acaba de nos informar sobre a confirmação da morte encefálica do nosso Giovanni Acioly.Nesse momento ele…

Posted by Raimundo Accioly on Wednesday, November 4, 2020

Doação de órgãos

Um pouco mais cedo, em entrevista ao G1, Raimundo Accioly afirmou que havia pedido para os médicos não desligarem os aparelhos no intuito de preservar os órgãos dos filhos, que possivelmente seriam doados para salvar vidas.

Publicidade

Horas depois, o pai do cantor e radialista fez uma nova publicação, confirmando que os familiares concordaram com a ideia, que será o último gesto de amor de Giovani. O velório e sepultamento dele será neste sábado (07).

Publicidade

O acidente

O trágico acidente que ceifou a vida de Giovani ocorreu na Avenida Sanção Gomes, em Tarauacá, no último domingo (1º). Dirigindo uma EcoSport, o cantor acabou colidindo violentamente contra a traseira de uma carreta estacionada às margens da via. Preso entre as ferragens, o artista foi socorrido por populares, e retirado às pressas do veículo, que corria risco de pegar fogo.

Apresentando instabilidade no quadro clínico, Giovani só foi transferido para a capital Rio Branco no dia sucessivo ao acidente, sendo deslocado por uma UTI aérea. Sem apresentar estímulos cerebrais, o artista teve morte confirmada na noite de ontem.

Publicidade
Publicidade
Publicidade