in

Laudo aponta hematomas e estresse pós-trauma em mulher que acusa Neymar de abuso

Instagram Neymar

A mulher que acusa de Neymar de estupro realizou exames médicos no dia 21 de maio. O laudo revelou problemas gástricos, sintomas de estresse pós-traumático e hematomas. Os exames foram realizados seis dias depois do encontro da mulher com o craque da seleção brasileira e do Paris Saint-Germain.

Publicidade

De acordo com reportagem do UOL Esporte, o documento contém detalhes do tratamento e imagens mostram hematomas nas regiões das nádegas e das pernas.

O laudo ainda relata “dor, perda de peso, ansiedade e problemas gástricos pós-episódio de estresse emocional e hematomas provenientes de agressões na região das nádegas e pernas“.

Publicidade

O laudo foi feito por um médico particular de um hospital renomado da cidade de São Paulo. Transtorno misto ansioso e depressivo e síndrome dispética estão entre os prováveis sintomas.

Publicidade

Jogador se defende das acusações

Na noite de sábado, Neymar se defendeu das acusações. Em vídeo postado no Instagram, ele falou que foi vítima de uma armadilha por parte da mulher que o acusa e exibiu prints da conversa que tiveram no WhatsApp.

Publicidade

O problema é que, ao exibir as mensagens trocadas, Neymar mostrou fotos em que a mulher aparece nua. Por causa disso, o jogador pode ser indiciado por crime virtual.

Neymar é intimado

Nesta segunda-feira (3), a Polícia Civil foi até a Granja Comary, em Teresópolis, no Rio de Janeiro, onde a Seleção Brasileira treina para a disputa da Copa América.

A princípio, Neymar prestaria depoimento na sexta-feira (7), mas neste dia ele não estará no Rio de Janeiro. A seleção vai para Porto Alegre para o amistoso de domingo contra Honduras, no Beira-Rio.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!