in

Morte precoce, casamento relâmpago e Covid-19: a trajetória marcante de Tom Veiga, intérprete de Louro José

Rede Globo | Instagram Tom Veiga

Neste domingo (1), uma notícia pegou a todos de surpresa. Tom Veiga, intérprete do personagem Louro José, foi encontrado morto em seu apartamento na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro. De acordo com o site G1, Tom, que tinha 46, trabalhava com a apresentadora Ana Maria Braga há mais de 20 anos.
A causa da morte ainda não foi divulgada.

Publicidade

O personagem foi criado por Ana Maria no ano de 1996, e, desde então, acompanhava a apresentadora por todas as emissoras que a loira passou. O papagaio era uma figura querida em todo o Brasil e fazia parte da história da televisão.

Na vida pessoal, Tom Veiga enfrentou momentos difíceis nos últimos tempos. Segundo o site Yahoo, no último mês de setembro, o ator testou positivo para a Covid-19. Tom usou as redes sociais para confirmar que estava com a doença e publicou uma foto usando um oxímetro.
Na época, o intérprete de Louro José recebeu inúmeras mensagens de apoio dos fãs e seguidores.

Publicidade

Recentemente, Tom passou por um novo drama pessoal após terminar seu casamento após apenas 9 meses de união. O ator se casou com Cybelle Hermínio no início desse ano. Em entrevista, a empresária falou sobre os motivos do término. “Estamos separados há um mês já. Existiam questões que não conseguimos alinhar e, infelizmente, foram determinantes para o fim”, disse Cybelle à época.

Publicidade

Durante o período da pandemia, Tom Veiga passou a gravar o programa Mais Você de São Paulo, enquanto Ana Maria gravava do Rio de Janeiro. A apresentadora ainda não se manifestou sobre a morte do amigo.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade