in

A Força do Querer: Elis Miranda sofre preconceito e decide enfrentar agressores homofóbicos

TV Globo

Nonato irá sofrer mais um ataque homofóbico quando estiver vestido de Elis Miranda na trama das nove. Mesmo estando em minoria, o motorista de Eurico não irá se intimidar diante da situação e enfrentará seus agressores, que o xingarão e ameaçarão agredi-lo no folhetim de Glória Perez.

Publicidade

Nonato será hostilizado na rua por dois homens que irão se aproximar e começar a implicar com ele.
Um dos rapazes mandará ele tomar vergonha na cara pelo fato de estar vestido daquela maneira. Porém, Nonato não irá se intimidar e retrucará as ofensas. Ele dirá que na cara ele tem somente close, e para eles aceitarem, pois dói bem menos. 

As provocações não terminarão por aí, e um dos homens irá sugerir partir para a agressão. Provocativo, ele dirá que Nonato merece apanhar muito. Porém, o amigo de Biga irá parar e desafiar os agressores. Em seguida, dirá para eles se enfrentarem ‘na mão’.

Publicidade

Jeiza estará passando pelo local de carro e notará a movimentação estranha. A loira irá se aproximar, e os homens se afastarão imediatamente. A policial abrirá a janela e questionará se está tudo bem por ali, Nonato afirmará que sim.

Publicidade

Vale lembrar que o patrão de Nonato nem imagina que o seu braço direito na empresa é um transformista. O personagem de Humberto Martins já deixou claro que homem é homem, e mulher é mulher desde que nasceu. Segundo ele, se passou disso, já é considerado ‘aberração’.

Publicidade

Devido à pandemia do Coronavírus, a Globo está reprisando a novela A Força do Querer no horário das vinte e uma horas desde quando encerrou a representação de Fina Estampa. A emissora segue gravando os capítulos finais de Amor de Mãe que será exibido somente no ano que vem.

Publicidade
Publicidade
Publicidade