in

Gusttavo Lima desmente notícia de ação na Justiça e conta porque deixou mansão onde morava

Reprodução - Instagram

A separação de Gusttavo Lima continua rendendo novos desdobramentos. Nesta quinta-feira (29), o colunista Lucas Pesin informou que o cantor teria deixado a mansão onde vivia com Andressa Suita por conta de uma ação na Justiça, movida pela modelo. A notícia teve forte repercussão, no entanto, foi desmentida pelo próprio cantor.

Publicidade

Em contato com o colunista Leo Dias via assessoria, Gusttavo Lima rechaçou que a saída dele da mansão para um apartamento de luxo em Goiânia foi motivada por uma ação judicial. Segundo a nota enviada ao colunista, o Embaixador afirma que a escolha do novo lar se dá por conta de uma obra que acontece na Fazenda. 

Questionada se uma possível intimação teria sido o motivo da mudança de endereço, a assessoria disse não ter conhecimento da informação. Segundo o departamento de comunicação do cantor, a residência oficial da família sempre foi a casa do condomínio Alphaville, local este onde o casal estava quando o relacionamento teve um ponto final. 

Publicidade

 “No momento, não há possibilidade de que a mesma seja habitada. Importante ressaltar que a casa da fazenda fica afastada da cidade e foi usada pela família aos finais de semana para lazer. Nos últimos meses, eles estavam por lá por conta da pandemia causada pela Covid-19”, disse a assessoria do cantor.

Publicidade

Sem ver os filhos

De acordo com publicação do jornal Extra, Gusttavo Lima ainda não viu os filhos Gabriel e Samuel após a separação do casamento. O periódico destaca que Suely Suita e Alexandre Suita estariam dificultando uma visita do cantor aos herdeiros. O ex-cunhado do Embaixador, inclusive, já chegou a fazer diversas críticas ao cantor desde o anúncio da separação.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade