in

Globo erra feio e César Tralli passa vergonha ao noticiar prisão de Paulo Cupertino que não aconteceu

Reprodução Globo / Polícia Civil SP

A Globo cometeu um erro de apuração nesta quarta-feira (28). Durante o SP1, o jornalista César Tralli anunciou que a polícia havia prendido Paulo Cupertino, assassino de Rafael Miguel  e dos pais do ator. Na suposta informação, ele estaria no norte do Paraná e teria sido preso.

Publicidade

A notícia rapidamente se espalhou pelas redes sociais e muita gente comemorou. Logo em seguida, porém, surgiu uma dúvida em relação à prisão. A Polícia Civil de São Paulo divulgou que isso havia acontecido. Já a Polícia Civil do Paraná não confirmava.

Em seguida, surgiu a informação correta: Paulo Cupertino não foi preso. A notícia de que o homem não foi em cana repercute nas redes sociais e tem muita gente falando sobre o assunto. Há muitos internautas lamentando que ele continue solto.

Publicidade

César Tralli pediu cautela ao vivo na Globo

Pouco antes do fim do SP1, César Tralli informou que faltava a confirmação oficial que só viria com a verificação da digital do homem que foi preso. “Estou recebendo informação do delegado-geral de polícia de São Paulo, Ruy Ferraz Fontes, dizendo que a Polícia Militar ainda não apresentou o preso para a Polícia Civil do Paraná, dizendo que a polícia pode ter confundido identidades”, disse Tralli no fim do telejornal.

Publicidade

Depois que o SP1 já havia saído do ar veio a informação oficial de que Cupertino não foi preso. Apesar de ter anunciado no SP1, César Tralli divulgou informação que veio da Polícia Civil. As autoridades oficiais são consideradas fontes seguras – para determinados assuntos – pelos jornalistas. 

Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!