in

Cantor querido morre de infarto fulminante enquanto dormia; grande ícone era chamado de ‘rei do bolero’

Fofocananet

Um cantor muito querido e considerado um ícone da música amazonense morreu de forma inesperada deixando os fãs desolados. O artista amazonense Mustafa Said era conhecido popularmente como o rei do bolero, sendo um ícone desse estilo musical no local. O cantor morreu aos 48 anos de idade nesta terça-feira, 27 de outubro.

Publicidade

O cantor Mustafa Said morreu vítima de um infarto fulminante enquanto dormia na casa da família. A informação do falecimento foi confirmado pelo produtor e primo do artista, Edson do Valle. O ícone do bolero era conhecido popularmente como Mustafinha pelos amigos e fãs. Ele ganhou fama ao se apresentar em balneários, bares e clubes da capital no estado do Amazonas.

Segundo o produtor do cantor, que já acompanhava Said há 30 anos, a trajetória artística do artista teve grandes momentos. Um deles era a sua grande amizade com Roberta Miranda, que conforme o primo do músico o chamava de meu filho. Mustafinha era de origem turca e um artista nato que tinha sangue artístico correndo nas veias. “O primeiro CD dele, Preconceito, ainda é lembrado até hoje”, ressaltou o primo.

Publicidade

De acordo com Matheus Moraes, que era amigo pessoal do cantor, Mustafinha não estava muito bem de saúde. Ele contou que o artista estava com as pernas inchadas e que se queixava de dores pelo corpo. Além de amigo, Said era padrinho musical de Matheus que lamentou a morte tão inesperada.

Publicidade

A cantora Goreth Almeida que também era amiga íntima do músico, fez questão de ressaltar, durante uma live que fez nesta terça-feira (27), a parceira e amizade que eles tinham. Uma curiosidade é que no mês passado noticias sobre o falecimento do cantor circularam pelas redes sociais. Inclusive, ele usou seu perfil na rede social para poder desmentir o boato sobre a morte.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade