in

Cid Moreira faz revelações sobre susto vivenciado na bancada do Jornal Nacional: ‘Princípio de incêndio’

Instagram - Cid Moreira

Responsável por ser o primeiro apresentador na história do Jornal Nacional, Cid Moreira concedeu uma entrevista ao programa Altas Horas, da TV Globo, onde relembrou alguns fatos marcantes de sua carreira. Entre os assuntos contados pelo experiente e renomado jornalista, esteve um fato até então desconhecido do público ocorrido nos bastidores do JN.

Publicidade

Segundo Cid, que na época tinha Sergio Chapelin como companheiro no JN, toda a bancada e profissional envolvidos na atração se assustaram com um princípio de incêndio surgido durante a exibição do telejornal. 

“Na época, o ar condicionado não era lá essas coisas e um plástico encostou na luminária. Ela estava muito quente e começou um princípio de incêndio. Aquela fumaça, a gente se olhou e não sabia se continuava o jornal. Até que colocaram o lettering do ‘JN’ na tela e a gente saiu tossindo com aquela fumaça toda”, disse Cid Moreira, responsável por apresentar o telejornal entre 1969 a 1996.

Publicidade

Segredo da voz

Com um timbre de voz inconfundível, tanto que até os dias atuais pedem para ele dar o tradicional “Boa noite”, Cid Moreira revelou que o segredo da sua potente voz se deve ao gengibre, que segue sendo companheiro indispensável do veterano jornalista, que continua fazendo uso da especiaria, inclusive durante a própria entrevista gravada com Serginho Groismann.

Publicidade

O papo de Cid Moreira com Serginho, o jornalista Heraldo Pereira e outro jovem aprendiz da profissão vai ao ar neste sábado (31). Atualmente, Cid Moreira segue com um podcast exclusivo para a plataforma Deezer, onde ele traz mensagens positivas e aborda assuntos do momento.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade