in

João de Deus tem nova piora em quadro de saúde e é transferido para outro hospital

Mais Goiás/Divulgação | Rodrigo Gonçalves/G1

Depois de ser internado em um hospital particular no município de Anápolis, na última sexta-feira (23), apresentando dores no peito e fadiga, João de Deus apresentou uma piora no quadro de saúde e teve que ser transferido às pressas para o Hospital Sírio Libanês, em Brasília.

Publicidade

A informação foi confirmada pelo advogado de defesa de João de Deus, Anderson Van Gualberto. Segundo ele, o cliente sofre de problemas cardíacos. 

O médium foi julgado e condenado por abusar sexualmente de mulheres durante os atendimentos espirituais. Após ficar preso entre dezembro de 2018 e março de 2020, no Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia, ele foi solto para cumprir a pena em regime domiciliar por conta do alto risco de contágio da Covid-19, principalmente pelo fato dele ser do grupo de risco, em decorrência dos problemas de saúde e da idade.  

Publicidade

João de Deus recebeu uma sentença de mais de 60 anos de prisão. Além dos crimes sexuais, ele também respondeu por porte ilegal de arma de fogo. 

Publicidade

Ainda segundo o advogado de defesa, João de Deus foi levado a Brasília no fim da noite da última sexta-feira (23), após piora, e não tem prazo para receber alta médica. 

Publicidade

Sem autorização

De acordo com o Tribunal de Justiça de Goiás (TJ-GO), não foi feito nenhum registro solicitando autorização para João de Deus sair do perímetro permitido. Entretanto, ainda segundo o órgão, em casos de problemas de saúde, o aviso pode ser feito posteriormente ao deslocamento.

A defesa dele indicou que essa será a decisão tomada para ser obtida a liberação, e que já avisou previamente os magistrados do caso sobre o estado de saúde delicado do médium de 78 anos. 

Publicidade
Publicidade