in

Bonner e Renata anunciam luto e encerram Jornal Nacional em completo silêncio

Reprodução Globo

William Bonner e Renata Vasconcellos encerram o Jornal Nacional de forma especial nesta quarta-feira (21). Em uma edição mais curta por causa do futebol, eles encerraram o principal telejornal da TV brasileira de luto com a notícia de milhares de mortes por Covid-19 no país.

Publicidade

Logo depois da última reportagem, Bonner fez o anúncio. “O Jornal Nacional termina com a nossa solidariedade com todas as famílias de vítimas da Covid”, disse o âncora. Renata, que já estava em silêncio, manteve-se assim. Não houve o tradicional boa noite.

No telão atrás de Bonner e Renata aparecia a inscrição com o número de mortes pela doença causada pelo coronavírus. “155.459 vidas perdidas”. A tradicional trilha do Jornal Nacional também não foi executada e o número de óbitos apareceu em outro telão, após visão panorâmica da câmera do estúdio.

Publicidade

Jornal Nacional de luto e em silêncio

Bonner e Renata têm encerrado o Jornal Nacional dessa forma quando o número de óbitos por Covid-19 atinge uma marca redonda. Foi assim quando o país chegou a 50 mil mortos, a 80 mil, a 100 mil e assim por diante. A cada cinco mil óbitos eles encerram o JN dessa forma.

Publicidade

Esta é a uma maneira de a TV Globo mostrar ao Brasil o estrago que vem sendo feita pela doença causada pelo coronavírus. Na condição de principal telejornal da emissora e o mais assistido do Brasil, o Jornal Nacional mostra que a doença tem ceifado muitas vidas. A primeira morte registrada no país aconteceu no dia 12 de março. Desde então, o número não parou de crescer.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!