in

Jornal Nacional lança notícia bomba sobre o Brasil

Reprodução Globo

Renata Vasconcellos e William Bonner apresentam o Jornal Nacional, da TV Globo, diariamente, de segunda a sexta-feira. Nesta terça-feira (20), o JN foi ao ar logo depois da propaganda eleitoral gratuita. Pouco antes de começar, Renata Vasconcellos entrou ao vivo para anunciar os destaques do telejornal.

Publicidade

Ela e Bonner são editores do JN. Bonner é editor-chefe, ou seja, a última palavra sobre tudo o que vai ao ar dentro do Jornal Nacional passa por ele. Dentro da redação, é dele a decisão final sobre temas do telejornal. Acima do jornalista estão apenas os diretos. Ali Kamel, por exemplo, é diretor de jornalismo.

Renata é editora-adjunto. Ela e o colega de bancada chegam na Globo durante a tarde para preparar o telejornal que vai ao ar apenas às 20h40. Durante a tarde, são feitas reuniões de pauta e checagem de reportagens com as emissoras afiliadas da Globo espalhadas pelo Brasil.

Publicidade

Renata entra ao vivo e lança notícia bomba

Cerca de uma hora antes de o Jornal Nacional começar, Renata Vasconcellos entrou ao vivo e a primeira notícia foi impactante. O JN vai mostrar que o Ministério da Saúde, do governo federal, fechou acordo para compra de 46 milhões de doses da chamada Coronavac, desenvolvida pelo Instituto Butantan com uma empresa chinesa.

Publicidade

Renata mostrou também que o senador Chico Rodrigues, flagrado com dinheiro na cueca, se licenciou do Senado e seu filho vai assumir o lugar. O último destaque foi sobre a tecnologia 5G, que permite maior acesso e velocidade na Internet, e coloca Estados Unidos e China em rota de colisão.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!