in

Filho de cantor gospel luta pela vida em UTI; mãe faz alerta sobre complicações da doença relacionada à Covid-19

Divulgação/Fuxicogospel

O filho do cantor Gospel Gerson Rufino precisou ser internado na UTI – Unidade de Terapia Intensiva. Uma postagem feita pela cantora evangélica Amanda Ferrari pediu aos seguidores oração pela vida da criança. O post gerou grande repercussão no meio evangélico, após a artista pedir que todos se unissem nesta corrente de oração.

Publicidade

“Atenção povo de Deus, vamos fazer uma corrente de oração! Meus irmãos venho aqui pedir para todos orar pela vida do filho do amigo Gerson Rufino, Davi Rufino”, dizia o texto da postagem de Andressa Ferrari. O cantor havia falado que o filho estava em recuperação na UTI.

De acordo com a publicação realizada pela cantora, Davi Rufino estaria com a doença de Kawasaki, enfermidade que provoca uma infecção vascular e que pode atingir as artérias coronárias. Costuma acometer crianças nas idades entre 1 e 8 anos e tem como característica exantema, conjuntivite, febre prolongada, linfadenopatia e inflamação das membranas mucosas.
No entanto, a mãe da criança se pronunciou publicamente sobre o verdadeiro problema do filho.

Publicidade

O cantor Gospel Gerson Rufino é muito conhecido no meio evangélico, com muitos anos de carreira. Uma das suas canções mais conhecidas do público é Dia de Sol. Ele nasceu em Navegantes, em Santa Catarina, e é membro da Igreja Evangélica Assembleia de Deus.

Publicidade

Esposa do cantor Gerson Rufino se pronuncia

Para esclarecer as informações equivocadas que estavam espalhando de maneira desordenada, Kéthony Rufino, esposa do cantor fez uma postagem em sua rede social para revelar o real estado de saúde do filho. Na ocasião, ela aproveitou a oportunidade para poder fazer um alerta importante. 

Publicidade

Kéthony Rufino explicou que o filho tem apresentado melhora dia após dia. Inclusive, ela disse o motivo do filho ter precisado de ser internado na UTI. O pequeno Davi sofreu um efeito rebote pós Covid-19. Ele foi acometido pela SIM-P – Síndrome Inflamatória Multissistêmica, doença que tem atingido muitas crianças algum tempo depois de ter contraído o coronavírus.

A mutação pós Covid continua atacando o organismo do paciente inflamando as células do corpo, inclusive os vasos sanguíneos, podendo provocar sérios danos ao coração.

Publicidade
Publicidade

Escrito por Shyrlene Souza

Redatora na web desde 2016, formada em ciências contábeis, apaixonada pela redação desde criança. Escrevo sobre assuntos diversos, famosos, maternidade e notícias que se destacam no Brasil e no mundo.