in

Roséola: conheça a enfermidade que acometeu a filha da cantora Thaeme Mariôto

Quem

A cantora Thaeme Mariôto é um dos grandes sucessos da música sertaneja na atualidade. Ao lado do companheiro de trabalho Thiago, eles formam uma das duplas de maior sucesso do Brasil e arrastam uma multidão de fãs durante os seus shows. Além de ser uma das artistas mais queridas do país, a famosa também exerce em sua vida um dos papéis que mais ama: o de ser mãe.

Publicidade

Thaeme Mariôto é mãe da pequena Liz, de um aninho. Infelizmente, a mamãe famosa está passando por um momento difícil com a pequena. A cantora descobriu que a filha contraiu uma doença e resolveu dividir com os seus fãs o perrengue que está passando com a menina doente. De acordo com a loira, Liz foi diagnosticada com roséola.

A artista disse que a enfermidade é provocada pelo herpesvírus humano é que atinge especialmente as crianças pequenas com idades entre seis meses e três anos. A doença provoca manchas avermelhadas ou rasadas no corpinho da criança, além de sintomas como febre alta, dor de garganta, diarreia e mal estar gástrico.

Publicidade

A cantora contou que o diagnóstico da menina aconteceu após uma consulta com duas pediatras. Thaeme falou sobre o tratamento da filha: “Demos muitos banhos mornos, coloquei toalha molhada na testa e colei adesivo na testa pra tentar controlar a temperatura de maneira natural, mas foi tenso! Subia do nada! Às vezes o medicamento é inevitável e no caso dela foi necessário”.

Publicidade

Ela fez questão de ressaltar que o pior já passou. Ela ainda aproveitou para alertar sobre a doença, pois inicialmente chegou a cogitar que pudesse se tratar de um quadro de alergia, mas na verdade é algo bem diferente.

Publicidade

Roséola

A doença infantil é provocada pelo herpesvírus humano e tem como sintomas febre alta e as manchas aparecem após alguns dias, quando a temperatura já volta ao normal. O diagnóstico é feito baseado nos sintomas dos pequenos. O tratamento da enfermidade tem como objetivo o alívio dos sintomas.

A doença costuma acontecer durante o ano inteiro, porém surge com uma frequência maior na primavera e outono. Como o tratamento é para alívio dos sintomas, geralmente é feito a base de antitérmicos e analgésicos como ibuprofeno e paracetamol.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Shyrlene Souza

Redatora na web desde 2016, formada em ciências contábeis, apaixonada pela redação desde criança. Escrevo sobre assuntos diversos, famosos, maternidade e notícias que se destacam no Brasil e no mundo.