in

Manobrista bate a Ferrari de Caio Castro e cai no choro ao dar a notícia ao ator: ‘ele estava desesperado’

UOL / EGO / Montagem Ghean Fernandes

Apaixonado por carros, Caio Castro falou sobre episódio em que teve sua Ferrari batida após deixar o automóvel aos cuidados do manobrista do condomínio onde mora, em São Paulo. Em entrevista a Danilo Gentilli, no programa The Night, do SBT, o ator deu detalhes do ocorrido e contou que o funcionário ficou desesperado na ocasião.

Publicidade

Caio contou que chegou na portaria de seu prédio, cumprimentou o manobrista e deixou sua Ferrari para que fosse estacionada pelo funcionário. O ator relembrou que subiu até seu apartamento e minutos depois o interfone tocou.

 “Ué…Beleza, acho que trouxe comigo a chave… Alô?’. E o rapaz chorando: ‘Ô, Seu Caio. Eu bati seu carro”, relembrou o ator, que ficou por alguns instantes sem entender o que teria acontecido. Após assimilar o incidente, Caio Castro perguntou como o manobrista teria batido o carro e o homem, bastante nervoso, pediu que ele descesse até a garagem.

Publicidade

“Ele estava muito desesperado mesmo”, contou Caio a Danilo Gentilli. Ao descer até a garagem, o ator constatou que o retrovisor da Ferrari havia sido danificado, mas procurou entender o incidente, fazendo questão de dizer que o manobrista não teve culpa pelo ocorrido.

Publicidade

Caio explicou ao funcionário como funciona o seu carro e deixou claro que tudo ficou bem resolvido no final.  “É a falta de costume. Mas ele não teve culpa. Deu tudo certo. O cara está lá até hoje”, finalizou o artista, que contou o episódio com muito bom humor.

Publicidade

Além da Ferrari avaliada em R$ 1,5 milhão, Caio Castro é dono um Volkswagen Fusca 1966, um Chevrolet Opala 1979 e um Mini John Cooper Works Cabrio.

Publicidade
Publicidade