in

Ainda sem Bonner e Renata, Jornal Nacional, da Rede Globo, traz série de pautas alarmantes

O Jornal Nacional da última noite não contou com a presença de seus principais jornalistas. William Bonner, há mais de 30 anos na atração e sua escudeira Renata Vasconcellos não foram vistos no comando do telejornal da Rede Globo neste feriado.

Publicidade

Entretanto, nem por isso a atração deixou de ter pautas impactantes, especialmente sobre os acontecimentos no Brasil. O jornalístico já abriu seu editorial chamando a atenção para a falta de água e o racionamento em algumas regiões do país e atualização a respeito da situação das queimadas no pantanal.

Os apresentadores substitutos destacaram que a chuva que caiu, embora muito importante no combate ao fogo, infelizmente não caiu diretamente sobre os locais onde ainda há focos de incêndio, não tendo ajudado muito a amenizar os problemas nos pontos mais críticos.

Publicidade

Em Mato Grosso do Sul, o problema é uma onda de calor extremo que está levando um aumento no número de problemas respiratórios na população. O relato dos comerciantes também chamou a atenção na reportagem, não se consegue servir bebidas geladas e mesmo o gelo não é encontrado para venda.

Publicidade

A falta de água se dá em São Paulo, no município de São José do Rio Preto. Uma represa, abastecida por uma nascente que secou, está causando um cenário crítico, ocasionando um racionamento de água, deixando 180 mil moradores em água de meio dia às 22h da noite. O racionamento acabou sendo prorrogado, segundo o Jornal Nacional.

Publicidade

O editorial de William Bonner e Renata Vasconcellos apontou que outros 40 bairros também serão afetados com a chegada do racionamento.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Evandro

O mundo do entretenimento é a minha vida.