in

Ao vivo, jornalista faz comentário constrangedor sobre colega de bancada: ‘Deve ser rosa também’

Reprodução/Record

O jornalismo brasileiro vive grande fase: no quesito cobertura política, os jornalistas e comentaristas estão muito bem servidos com uma verdadeira chuva de novidades, polêmicas e brigas entre os poderes, mas o que pouca gente imagina é que os âncoras de telejornal também possuem bom humor e isso acaba sendo transmitido de alguma forma nas poucas trocas de palavras fora do script entre eles.

Publicidade

E foi isso que aconteceu entre Carla Ceccato e Thalita Oliveira, que dividiram a bancada do “Fala Brasil”, da Record TV na manhã de sábado (10). Tudo começou durante a participação do repórter Humberto Ascencio, que estava ao vivo na Rua 25 de Março, em São Paulo. 

Durante o link, surgiu uma brincadeira com uma boneca loira, que foi comparada à jornalista Thalita Oliveira. O detalhe é que a boneca defecava na cor rosa! E isso já foi motivo para exaltar os ânimos divertidos entre as apresentadoras, que apelidaram a boneca de “Thalitinha”. 

Publicidade

Brincadeira ‘escatológica’ causou desconforto

Bem-humorado, o repórter “alimentou” a boneca, que de fato defecou rosa e, sem deixar a piada acabar, Ceccato comentou: “A Thalita é tão lady que o dela deve ser rosa também”. 

Publicidade

O comentário gerou risadas, mas a colega desconversou, mostrando estar desconfortável: “Não vamos comentar, não há necessidade disso“, disse, reforçando que a cena foi constrangedora.

Publicidade

Por ser um telejornal menos sério, o programa é conhecido pela interação entre os repórteres de uma maneira mais informal.

Ceccato ainda cobrou ter uma bonequinha parecida com ela: “Eu quero a boneca morena, hein? Isso é preconceito! Mas não quero fazer cocô em rede nacional, não“.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Matheus Feitosa

Escrevo sobre TV, famosos e entretenimento desde 2011.

A atenção nos detalhes é o que nos faz prosperar.