in

Bonner e Renata anunciam luto por morte de grande ator e fazem momento de silêncio no JN

Reprodução Globo

Apresentado por William Bonner e Renata Vasconcellos, o Jornal Nacional tem cerca de uma hora de duração. A exceção acontece às quartas-feiras, quando o telejornal começa e termina mais cedo devido ao futebol. Nesta sexta, o JN teve apenas 23 minutos de conteúdo – excluindo intervalos comerciais.

Publicidade

Com o telejornal menor, os editores têm que escolher menos reportagens para ir ao ar. Mesmo diante do tempo escasso, o Jornal Nacional não deixou de informar a morte de um querido ator brasileiro. Morreu nesta sexta-feira, no Rio de Janeiro, Cecil Thiré.

Renata Vasconcellos foi a responsável por anunciar a reportagem sobre o ator e diretor que morreu aos 77 anos. Ele deixou quatro filhos. Cecil Thiré atuou em diversas telenovelas da TV Globo e sofria de Mal de Parkinson. Ele morreu em sua casa, no Rio de Janeiro.

Publicidade

A reportagem do Jornal Nacional mostrou imagens de arquivo com atuações de Cecil Thiré. O ator era filho único de Tônia Carreiro, uma das maiores atrizes do Brasil. Uma das atuações de destaque de Cecil Thiré na TV foi como Adalberto na novela A Próxima Vítima. A trama parou o Brasil em 1995 e todos queriam saber quem o assassino do carro preto.

Publicidade

Publicidade

Segundos de silêncio no Jornal Nacional

No fim da reportagem do Jornal Nacional, foi exibido um vídeo gravado por dois filhos de Cecil. A última imagem foi dele ao lado da mãe, Tônia Carreiro. Assim que a reportagem terminou, Bonner e Renata ficaram em silêncio por cerca de dois segundos, só então o âncora anunciou a próxima matéria do telejornal.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!