in

Ao ver imagens de professor que fez blackface, Maju Coutinho dispara: ‘Pensam que é mimimi’

TV Globo

Durante a sua participação ao vivo no programa É de Casa na manhã de hoje (10), Maria Júlia Coutinho ficou bastante irritada quando teve que falar do professor de Medicina que usou uma máscara preta para dar aula online. A âncora do Jornal Hoje começou dizendo que esse ato caracteriza o que chamam de ”blackface”. Segundo ela, alguns ainda pensam que é “mimimi“, mas não se trata disso.

Publicidade

Depois de apresentar um giro de notícias sobre os assuntos que serão exibidos no programa, Maju foi convidada pelo apresentador Manoel Soares a falar sobre a polêmica que envolve um educador da Santa Casa de São Paulo, que resolveu usar uma máscara para mostrar aos alunos da turma como lidar com pessoas de classe baixa.

O colega de Ana Furtado disse que gostaria de conversar com a jornalista sobre algo que chamou a atenção dele durante a semana. O assunto era o professor explicando como se deve falar com pacientes pobres. Para tentar ser mais didático com os alunos, ele optou por colocar uma máscara negra no rosto para mostrar como é ser pobre.

Publicidade

Nas imagens, o professor branco coloca o objeto no rosto, e segue conversando como se fosse uma pessoa humilde.
Soares constatou que se trata de algo absurdo, que ao ver esse tipo de conteúdo passa várias coisas na sua cabeça e observou que Maju também ficou perplexa. 

Publicidade

A âncora explicou que se trata de ”blackface”. Segundo ela, era algo muito usado no século XIX, quando os atores negros eram impedidos de trabalhar, logo, alguns profissionais utilizavam máscaras para criar esterótipos da raça negra, inclusive com a intenção de ridicularizar a cor da pele.

Publicidade

Na sequência, a ex-garota do tempo do Jornal Nacional disse que o professor deve estudar mais sobre assuntos que vai além da Medicina.

Publicidade
Publicidade
Publicidade