in

Vavá, ex-Karametade, faz revelações sobre vício com alcoolismo na pandemia: ‘Passei por um psiquiatra’

Record

Sucesso nos anos 1990 no comando do grupo de pagode Karametade, o cantor Vavá concedeu uma entrevista reveladora ao programa Domingo Espetacular, da TV Record. Segundo o artista, ele passou dificuldades para lidar com seu vício de alcoolismo durante o período da pandemia do coronavírus.

Publicidade

Na entrevista que vai ao ar neste fim de semana, Vavá disse ter procurado ajuda de um psiquiatra após o quadro ficar delicado. 


“Passei por um psiquiatra, não era nem psicólogo, psiquiatra, conversei muito com ele. Chegou um momento de até me entregar ao álcool assim, sem parar, não tinha vontade de comer, mas tinha vontade de beber”
, disse o cantor. 

Publicidade

Na conversa, Vavá disse que período de pandemia intensificaram seus problemas de saúde mental. De acordo com Vavá, ele entrou em um quadro de depressão muito grande, e confessou que por diversas vezes ligou para a esposa e falou que não se sentia bem com o estado de saúde mental. 

Publicidade

A entrevista reveladora do cantor vai ao ar na íntegra no Domingo Espetacular, da TV Record, neste domingo (11), a partir das 19h45 (de Brasília).

Publicidade

Encontro

A reportagem feita pelo Domingo Espetacular ainda mostrará um encontro de Vavá com seu irmão gêmeo, Marcio Duarte, que a exemplo dele também é músico. No papo, Vavá também falará sobre a sua saída do grupo Karametade, grande sucesso nas paradas musicais durante os anos 1990.

Segundo Vavá, “algumas coisas foram acontecendo”, e ele trabalhava mais do que todo mundo do grupo, mas não ganhava o condizente por isso, fatores estes que intensificaram o seu desligamento do grupo.

Publicidade
Publicidade
Publicidade