in

Shadowhunters dribla cancelamento para entregar final à altura dos fãs

netflix

Baseada em uma série de livros homônima, Shadowhunters entregou uma temporada final voltada aos fãs. Nada mais justo, já que foram eles que salvaram a adaptação da Netflix de uma morte prematura. Assim, o serviço aos fãs está presente em todos os episódios, que buscaram atingir o máximo possível de fidelidade em relação à obra original de Cassandra Clare.  Está se tornando cada vez mais comum as grandes produtoras de conteúdos e canais ouvirem os fãs e “salvarem” séries condenadas ao término, como aconteceu com Lúcifer; resgatarem personagens, caso de Constantine que passou a integrar outro seriado; ou ao menos ganhar um final decente, como ocorreu com Sense 8 e agora com Shadowhunthers. A diferença desse caso, é que a série ganhou uma bela temporada de despedida.  

Publicidade

A trama final de Shadowhunters

A trama final girava em torno de Johnatan, o irmão demoníaco, como pano de fundo das relações entre diferentes criaturas do mundo das sombras (e da luz), em uma clara metáfora à diversidade do amor atual. Muito embora a trama de ação tenha ficado devendo um pouco, talvez por falta de competência dos atores mais voltados à esse arco, os arcos de relacionamentos, amorosos ou não, foram melhor desenvolvidos, especialmente o relacionamento entre o caçador Alexander e o bruxo Magnus (Mike Chang, para os fãs de Glee), ou entre os lobos Maya e Jordan, para não mencionar os aguardados casais Lucian e Maryse, ou o favorito Isabelle e Simon. Podem argumentar que parece final de novela da Globo, com tanto casal (e um casamento). Tudo bem, adequado a um final de série teen, mesmo que algumas mortes tenham sido evitadas. 

Casting e narrativa de Shadowhunters

Muito embora o casal principal do seriado não tenha demonstrado a química devida, houve um acerto muito grande em relação ao casting, especialmente nos núcleos centrais, de forma a deixar gravado na memória dos fãs essas versões dos personagens, ao invés do filme. E tendo sido uma série bom bons efeitos, narrativa fluida, belas atuações, fica de legado a chance de ver esses atores novamente. E por que não, adaptar as outras obras do universo, como a trilogia de época, peças Infernais e a recente Os Artifícios das Trevas?

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Bene!

Um curioso acima de tudo. Amante das artes, busco viver sem rótulos e explorar o que a alma pede. Escrevo sobre o que gosto, amo, odeio, me faz pensar e me faz sentir. Espero que minhas ideias, palavras e ações sejam meu legado. Bem vindos e espero que gostem.