in

Jornal Nacional começa triste e termina com Bonner e Renata de luto

Reprodução Globo

William Bonner e Renata Vasconcellos encerraram o Jornal Nacional desta sexta-feira (25) de luto. O telejornal exibido pela Rede Globo é o de maior audiência da TV brasileira e está fazendo uma grande cobertura da pandemia do coronavírus. Desde que o país atingiu a marca de 10 mil mortos, o JN tem terminado de forma silenciosa e de luto quando uma marca redonda é atingida.

Publicidade

Nesta sexta, o Brasil ultrapassou a triste marca de 140 mil mortes em decorrência do coronavírus e Bonner e Renata, que começaram o JN com esta notícia, encerraram o telejornal de luto. De forma muito parecida com as homenagens anteriores, não houve o tradicional “boa noite” ao final do telejornal da TV Globo.

Em seguida, a câmera se afastou e mostrou a visão panorâmica do estúdio, com a inscrição “140.709 vidas perdidas”. A trilha tradicional do Jornal Nacional não foi executada e o telejornal terminou em total silêncio. É a forma que o JN tem encontrado para chamar a atenção dos telespectadores para o alto número de mortes por Covid-19.

Publicidade

Publicidade

Bonner e Renata têm se destacado na cobertura da pandemia

Desde o início da pandemia, em março, William Bonner e Renata Vasconcellos têm chamado para o coronavírus no Jornal Nacional. Em meio, quando o Brasil atingiu a marca de oito mil mortes, Bonner viralizou nas redes sociais com o que falou ao vivo no telejornal (veja o vídeo abaixo).

Publicidade

Em agosto, quando o país atingiu a marca de 100 mil óbitos, ele e Renata trabalharam no sábado – dia em que normalmente estão de folga – e levaram ao ar uma edição histórica do Jornal Nacional, com direito a críticas contundentes e citação da Constituição Federal.

Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!