in

Jornal Nacional começa triste e termina com Bonner e Renata de luto

Reprodução Globo

William Bonner e Renata Vasconcellos encerraram o Jornal Nacional desta sexta-feira (25) de luto. O telejornal exibido pela Rede Globo é o de maior audiência da TV brasileira e está fazendo uma grande cobertura da pandemia do coronavírus. Desde que o país atingiu a marca de 10 mil mortos, o JN tem terminado de forma silenciosa e de luto quando uma marca redonda é atingida.

Publicidade

Nesta sexta, o Brasil ultrapassou a triste marca de 140 mil mortes em decorrência do coronavírus e Bonner e Renata, que começaram o JN com esta notícia, encerraram o telejornal de luto. De forma muito parecida com as homenagens anteriores, não houve o tradicional “boa noite” ao final do telejornal da TV Globo.

Em seguida, a câmera se afastou e mostrou a visão panorâmica do estúdio, com a inscrição “140.709 vidas perdidas”. A trilha tradicional do Jornal Nacional não foi executada e o telejornal terminou em total silêncio. É a forma que o JN tem encontrado para chamar a atenção dos telespectadores para o alto número de mortes por Covid-19.

Publicidade

Publicidade

Bonner e Renata têm se destacado na cobertura da pandemia

Desde o início da pandemia, em março, William Bonner e Renata Vasconcellos têm chamado para o coronavírus no Jornal Nacional. Em meio, quando o Brasil atingiu a marca de oito mil mortes, Bonner viralizou nas redes sociais com o que falou ao vivo no telejornal (veja o vídeo abaixo).

Publicidade

Em agosto, quando o país atingiu a marca de 100 mil óbitos, ele e Renata trabalharam no sábado – dia em que normalmente estão de folga – e levaram ao ar uma edição histórica do Jornal Nacional, com direito a críticas contundentes e citação da Constituição Federal.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!