in

Modelo morre durante gravação de clipe de funkeiros famosos: ‘Ela caiu entre as dançarinas’

Record TV / Montagem Ghean Fernandes

Na última quarta-feira (23), o Cidade Alerta, da Record TV, exibiu uma reportagem sobre o caso da modelo, de 21 anos, que acabou morrendo durante as gravações de um clipe de funk dos Mc’s Tiger e 2B da ZL. Júlia Melo Cartola teve um mal súbito durante as filmagens e acabou falecendo antes mesmo de chegar ao hospital.

Publicidade

De acordo com a reportagem da emissora, a modelo, que já teria participado de outros clipes dos funkeiros famosos no segmento, teria saído de casa e informado à família que iria participar de uma festa e gravações como dançarina. Durante o trabalho, a jovem acabou passando mal e desmaiou diante dos outros figurantes.

Júlia chegou a ser socorrida e levada ao  Hospital Santa Maria, em Suzano (SP), mas teria dado entrada na unidade já sem vida, segundo médicos que a atenderam. Uma perícia foi solicitada pela Polícia Civil de São Paulo, que investiga o caso e morte foi registrada como suspeita na delegacia da cidade.

Publicidade

O MC 2b da ZL conversou com o Extra através de mensagem de texto e afirmou que aguarda a certidão de óbito da modelo para se manifestar. O funkeiro ainda disse que está em contato com a família de Júlia e expressou seu luto após o ocorrido.

Publicidade

Através do Instagram, o MC falou um pouco mais sobre o caso e publicou um vídeo onde aparece junto de Júlia momentos antes da gravação do clipe e da morte da modelo. “Poderia ter acontecido com qualquer um, mas foi no dia da gravação do clipe. Ela estava lá e caiu no meio das dançarinas, ninguém sabe a causa da morte.”, disse o funkeiro.

Publicidade

Segundo outros figurantes do clipe, que estiveram presentes na gravação, Júlia teria abusado do consumo de drogas durante as gravações. A família da jovem descarta a possibilidade e acredita que alguém tenha colocado alguma substância na bebida de Júlia. A polícia segue investigando o caso.

Publicidade
Publicidade
Publicidade