in

Ana Maria Braga diz ter sido vítima de assédio por diretor e detalha reencontro anos depois

Globo/Mais Você | Reprodução

Entrevistada do programa Roda Viva, da TV Cultura, nesta segunda-feira (21), a apresentadora Ana Maria Braga revelou ter sido vítima de assédio sexual de um diretor na TV. Ela, no entanto, não quis citar o nome do assediador, a empresa e o ano em que o fato ocorreu. Segundo Ana, ela chegou a quebrar o braço na tentativa de fugir do homem.

Publicidade

A apresentadora afirmou que acabou despencando de uma escada, e contou que a pessoa nunca foi punida, mesmo ela tendo denunciado o caso ao seu superior.

De acordo com a apresentadora, o diretor disse que ela seria a Hebe Camargo, dependendo do que ela fizesse. “A Hebe já era a Hebe Camargo. Eu fiz um belo projeto jornalístico e levei”, relembrou.

Publicidade

Na apresentação do projeto, Ana Maria Braga disse que ficou sozinha com o diretor, que avançou pra cima dela, tentando assediá-la. 

Publicidade

Surpresa e atordoada com a situação, a apresentadora disse que fugiu da sala do profissional, e acabou despencando da escada, quebrando o braço. 

Publicidade

“Saí com tanto ímpeto, que tinha uma escada. Despenquei da escada do nono andar até o oitavo, que era o departamento comercial. Alguém me socorreu e me acudiu. Eu quebrei o braço”, disse a loira.

Sem punição

Por conta do ocorrido, Ana Maria resolveu denunciar o abuso do diretor. Apesar disso nada foi feito. Anos depois, ela disse que quando dirigia o setor comercial das revistas femininas da Editora Abril, reencontrou o assediador em um restaurante, que se resumiu a olhar para a apresentadora, abaixar a cabeça e sair do local. 

Questionada por Vera Magalhães, que comandou a entrevista no Roda Viva, acerca da identidade do assediador e do veículo onde ela trabalhava na época, Ana Maria Braga preferiu não revelar. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade