in

Globo sofre nova derrota para Flávio Bolsonaro e recurso é negado pela Justiça

Reprodução Globo

A Rede Globo sofreu nova derrota para o senador Flávio Bolsonaro na Justiça. A emissora havia entrado com recurso, após decisão da Justiça do Rio de Janeiro estabelecer que a Globo não poderia divulgar documentos sigilosos relacionados às investigações de suposto esquema na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj).

Publicidade

No dia 4, a 33ª Vara Cível do estado havia definido, após ação da defesa de Flávio Bolsonaro, que a emissora não poderia mostrar documentos sigilosos do suposto esquema de rachadinha. A Globo anunciou a decisão em seus telejornais. No Jornal Nacional, o primeiro a falar sobre o caso foi Flávio Fachel.

William Bonner e Renata Vasconcellos também falaram ao vivo que a Globo recorreria da decisão da juíza Cristina Serra Feijó. A Globo recorreu à 1ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro e sofreu nova derrota no caso.

Publicidade

Globo perde na Justiça e segue sem poder divulgar informações sigilosas

Nesta quarta-feira (16), a 1ª Câmara do TJ-RJ negou o efeito suspensivo pedido pela Rede Globo. O desembargador Fábio Dutra foi o responsável por analisar a petição da Globo e afirmou, após a análise, que não houve censura contra a emissora. Este era o principal argumento da Globo.

Publicidade

Como o caso corre em segredo de Justiça, a decisão entende que a emissora não pode divulgar os documentos sigilosos. William Bonner e Renata Vasconcellos devem falar sobre isso no JN de hoje ou amanhã. A edição desta quarta é mais enxuta, por causa do futebol, e tem apenas 30 minutos.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!