in

Renata e Bonner repetem luto e encerram Jornal Nacional em silêncio

Reprodução Globo

Apresentado por William Bonner e Renata Vasconcellos, o Jornal Nacional tem feita ampla cobertura da pandemia do coronavírus. Desde março, o principal telejornal da TV brasileira tem dedicado muito tempo para falar sobre a doença que já matou mais de 900 mil pessoas em todo o mundo.

Publicidade

Como sinal de respeito às famílias dos mortos, Bonner e Renata tem terminado o JN de forma diferente quando determinado número de óbitos é alcançado. Esta é a forma que o telejornal encontrou para não tornar normal a morte de um número muito grande de pessoas e chamar a atenção de seus telespectadores.

Na última edição, Renata e Bonner terminaram o Jornal Nacional em silêncio, de luto, depois de a jornalista se despedir do público. “O nosso respeito e nossa solidariedade às famílias das vítimas da Covid. Até amanhã”, disse Renata. Não houve o tradicional “boa noite”.

Publicidade

JN termina de luto por mortos pela Covid

O Brasil chegou à triste marca de 130.474 mortes em decorrência da Covid-19, doença causada pelo coronavírus. O país é o segundo do mundo em número de óbitos, perdendo apenas para os Estados Unidos, que lidera este triste ranking. A Índia é o terceiro país com mais óbitos.

Publicidade

No Jornal Nacional, depois de Renata se despedir do público e Bonner permanecer em silêncio, a câmera se afastou e mostrou o telão no fundo do estúdio com o número de mortos. A tradicional vinheta do telejornal não foi exibida. Nas redes sociais, internautas falaram sobre a homenagem feita pelo JN às famílias das vítimas pela Covid-19.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!