in

Globo exibe série em que pandemia une mãe esquerdista e filha bolsonarista

Reprodução Globo

Em meio a pandemia do novo coronavírus, a Globo exibe a partir de hoje uma nova série. Amor & Sorte promete agitar as redes sociais. O episódio de estreia contará a relação complicada entre mãe, Gilda (Fernanda Montenegro), e filha, Lúcia (Fernanda Torres) – as duas são mãe e filha na vida real.

Publicidade

Na história, as duas vão tentar resgatar uma relação complicada e desgastada em meio a pandemia de Covid-19. Gilda é revolucionária e fica espantada com a caretice da filha. Lúcia é executiva bem-sucedida que mora em Copacabana e se abriga com a mãe para fugir do novo coronavírus. 

O roteirista Chico Mattoso contou alguns detalhes da série e apelou ao cenário político atual para explicar as visões de mãe e filha na série Amor & Sorte. Segundo ele, a nova série da Globo vai aliar drama, humor e aquecerá o coração dos telespectadores.

Publicidade

“(Lúcia) é uma filha que deve ter votado em João Amoedo no primeiro turno e em Jair Bolsonaro no segundo, que bate de frente com uma mãe que é da ala mais revolucionária do PSOL. Nenhuma delas é tachada como vilã ou como heroína”, explica o responsável por assinar o roteiro.

Publicidade

Gilda e Lúcia terminam bem

Apesar das muitas diferenças entre mãe e filha, as duas terminarão o episódio unidas. A pandemia do novo coronavírus serviu para aproximar mãe e filha. Ao que tudo indica, o laço que une as duas é maior do que as diferenças que as separam. Amor & Sorte vai ao ar logo depois da novela Fina Estampa, por volta das 22h40.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!