in

Bonner e Renata encerram JN com notícia mais triste do mês; silêncio, luto e dor

Reprodução Globo

O Jornal Nacional de ontem terminou de luto devido às mortes causadas pelo novo coronavírus em todo o Brasil. No final do telejornal, Renata Vasconcellos interagiu com o jornalista Márcio Gomes, dos estúdios da Globo em São Paulo. Com 855 mortes nas últimas 24 horas, o Brasil chegou a triste marca de 125.584 óbitos em decorrência da doença causada pelo novo coronavírus.

Publicidade

Os casos já havia ultrapassado a marca de 4 milhões. Os números são tristes e preocupantes. A média móvel de mortes é de 856 por dia. O gráfico mostrado pelo JN deixou visível a queda do número de óbitos. A média móvel de casos chegou a 39.722, alta de 5% em relação à média de 14 dias atrás.

“Márcio, você tem um destaque pra mostrar pra gente da Região Metropolitana de Belo Horizonte”, disse Renata. Márcio Gomes mostrou que o número de óbitos na região, em 3 de agosto, era de 1.004. Em 4 de setembro subiu para 2.008. Em relação aos estados, três apresentam alta no número de mortes. Em nove há estabilidade. Em 14 estados e no Distrito Federal há quedas.

Publicidade

Bonner e Renata prestam solidariedade às vítimas da pandemia

Depois de Márcio Gomes atualizar o público sobre os dados da Covid-19 no Brasil, Renata Vasconcellos e William Bonner encerraram o telejornal mais assistido da TV brasileira. “O Jornal Nacional termina aqui com nossa solidariedade às famílias das vítimas da pandemia“, disse Renata.

Publicidade

Bonner permaneceu em silêncio. Não houve de nenhum dos jornalistas o tradicional boa noite. Em seguida, a câmera mostrou o telão do JN em que aparecia a inscrição “125.584 vidas perdidas”. O JN tem terminado de luto dessa forma desde que o país atingiu 10 mil mortes.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!