in

Bonner e Renata voltam a dar notícias sobre Bolsonaro e Queiroz no Jornal Nacional

Reprodução Globo

O Jornal Nacional desta quarta-feira (2) deu notícias importantes sobre o presidente Jair Bolsonaro e também sobre Fabrício Queiroz. William Bonner e Renata Vasconcellos, os apresentadores do JN, atualizaram os telespectadores com as informações.

Publicidade

“A Polícia Federal pediu ao Supremo Tribunal Federal uma prorrogação por 30 dias do inquérito que apura se o presidente Jair Bolsonaro tentou interferir na autonomia da PF. O inquérito foi aberto em abril com base nas acusações do ex-ministro da Justiça, Sergio Moro”, disse Bonner.

O jornalista complementou a informaçao. “Bolsonaro nega interferência. Uma das medidas pendentes é o depoimento do presidente. O pedido vai ser analisado pelo ministro Celso de Mello, que é o relator do caso, está em licença médica e deve retornar ao Supremo no dia 11”, completou o âncora do JN. 

Publicidade

Queiroz volta a ser notícia no Jornal Nacional

O principal telejornal da TV brasileira voltou a falar sobre Fabrício Queiroz. “A Procuradoria-Geral da República pediu ao Supremo Tribunal Federal para restabelecer a prisão de Fabrício Queiroz e da mulher, Márcia Aguiar. Os dois estão em prisão domiciliar por decisão do ministro Gilmar Mendes”, disse Renata Vasconcellos.

Publicidade

Bonner apareceu em seguida e disse que o Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ) investiga o casal Fabrício e Márcia por participação na suposta rachadinha no gabinete do então deputado estadual Flavio Bolsonaro. O sub-procurador-geral da República, Alcides Martins, pediu que Fabrício Queiroz passe por uma perícia médica e disse que o casal tentou atrapalhar as investigações. Renata completou dizendo que não há data para Gilmar Mendes analisar o pedido.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!